segunda-feira, 14 de maio de 2012

Pra Variar: Tô Deprê!

Buenas!

Cara, o que tá acontecendo comigo?
Não aguento mais ficar desse jeito. Que saco!

Sabe aquela sensação horrível de "eu não sirvo pra nada, só pra atrasar a vida dos outros"? Então, isso aê.
Me sinto incapaz. Incapaz de fazer minha vida, meus sonhos, meus propósitos darem certo.
Tem horas que estou bem, tem horas que estou péssima. E vou assim, da tristeza à alegria em 5 segundos.
Horrível, horrível.

Já ouvi pessoas dizerem que é normal, que está recente... mas gente, não adianta tapar o sol com a peneira, ontem fez 2 meses que ele foi embora, já era pra eu estar bem, nem digo feliz, digo apenas bem mas olha como me encontro.

Às vezes tenho pena de mim, outras vezes tenho ódio de ter confiado demais.
Sei lá...
Só sei que dói demais, meu Deus!

Ontem foi dia das mães, dia mais sem graça pra mim: não tenho filhos, não tenho mãe. NUNCA me senti tão sozinha nesse mundo.

Eita post depressivo, esse blog já tá virando divã de psicologo, né? Então vamos combinar uma coisa: volto aqui só pra falar de coisas boas, já tô cheia de não ter nada de bom pra contar.

Aê Deus, eu confio e talz, mas tem horas que fica difícil, heim? 

Até mais!

12 comentários:

Selma Rosa disse...

Ah rebecca!!!
O momento q vc ta passando é normal esse pessimismo todo, mas quando vc começa a ver q está atrapalhando de mais sua rotina, ta na hora de procurar ajuda!
Vai numa psicologa pra ver como anda seu estado emocional, se ela ver que precisa de remédios ela lhe encaminhará para um psiquiatra.Não recuse essas ajudas, Deus no coração é bom, mas vc precisa fazer sua parte! Se ajude!!!!
grande bjo e força

VAL disse...

Reb's, já pensou em tomar uma droguinha tipo antidepre?! Eu tomo fluoxetina... as vezes precisamos dessa ajudinha pra sair do buraco amiga! Estou aqui torcendo pela sua melhora, não gosto de te "ver" mal! Beijão

Emagrelícia disse...

Cê vai achar que eu sou louca, intrometida, ou sei lá mais o que...


Mas, quando doer muito, apertar muuuito, fala com Deus.. de verdade, de coração...

Um dia passa. Eu sobrevivi, vc também vai sobreviver ;)

beijos

Kinha disse...

Volta e meia me sinto assim também mas depois acaba passando.

A teimosa disse...

lemba do fulano que eu fikei quatro meses... demorei seis pra sair da depre..e ainda de quebra sai da depre com vinte e tres kg a mais nesse corpo.. depois disso.. nunca mais borocoxá por homem nenhum..bjokas e chacoaia pra arribá!!!

Gabi disse...

Frô!
dois meses é pouco tempo ainda... se vc não tivesse gostado tanto, não doeria desse jeito.
A revolta por não ter passado ainda, é pq vc queria que tivesse continuado.

Dói muito e demora, mas passa. O problema, eu sei, é o que fazer até passar.
Se vc puder, vai n@ psicólog@. falar com gente que ouve, ajuda MUITO.

Rezar alivia, mas não funciona para todo mundo.

Que o seu tempo para curar chegue depressa e que quando vc encontrar um outro alguém, que seja mais duradouro.

Queria encontrar com vc de novo. Como estão os seus horários para a semana que vem??
bjs

Cris disse...

Rebeca, não te conheço pessoalmente, mas só de ler o seu blog sinto vc tão verdadeira an sua palavras... Poxa, vc não é a uníca que está passando por isso não, confesso que eu nunca fui roubada, pois não existe outra palavra apra explica o que houve com vc... mas vc viveu e passou a Solidão é o pior dos sentimentos eu que sei pois vivo 24 hs com meu pensamentos e não tenho ninguém apra dividí-lo. mas vc é uma mulher inteligênte, passou em um concuro, é saudável, perfeita e antes de udo honesta... por favor se apegue a esta coisas boas em sua vida te acho o máximo sem hipocrisia e outra coisa vc mora em um lugar (São Paulo) aonde tem muitas coisa boas .... relaxa Deus está no comando da sua viada se apegue mesmo como anda fazendo e estaremos aqui orando e zelando por ti.

Cris disse...

Olha Rebs, depre nao a igual pra todo mundo, cada um tem seu tempo e tals, mas posso dizer que no meu caso levou mais que 2 meses, bem mais.
Uma coisa de bom ja ta acontecendo contigo, vc alterna dias bons, isso significa melhora absolutamente!
Se envolva em alguma coisa, seja uma amizade, um hobby, sei la, ocupe o tempo e a cabeca se possivel. Vai melhorar, vc vai ver.
Bjs.

ALINE disse...

Ei moça super normal isso...é assim mesmo mas a dor vai passar um dia vc acorda e ve q ador não esta mais lá....demorar demora mas amiga passa...enquanto isso saia va ver gente ao cinema enfim respire outros ares.....
já falei q vc pode vir aqui pra casa passar uns dias enfim conta comigo tá...
bjs

MIKI disse...

saiba perder.quando uma coisa não dá certo e acaba, agradeça.pode acreditar que o que ta sentindo é puro orgulho ferido,amo é outra coisa.como eu sei?estive EXATAMENTE IGUAL a vc à 3 anos atrás.quando alguém que não é NADA, além de não te valorizar, te dá o pé na bunda, é duro de engolir.orgulho ferido dói muito mais do que amor não correspondido.goste de você por você mesma e aceite que somos sozinhos no mundo.tudo o que vier é lucro.que você seja sua melhor companhia e deixe a vida cuidar do resto.bjusss (apesar do tom imperativo, é só um "conselho" ok?)

Carol disse...

Você tem consciência do que tá passando, isso já é meio caminho a dado. Aos poucos isso vai desaparecer. Mas também é preciso você agir pra mudar a situação né? Desejo tudo de bom para você.

Carla Fernandes disse...

Hobbies, drogas, podem até te ajudar, mas acho que mais que isso é vc procurar esgotar o assunto, falar até dizer chega, com uma Psicologa. Conheço uma que tem o consultório próximo do shopping Sta. Cruz, até deve ser perto do seu trabalho né? Se quiser, depois te passo o telefone dela. Explicando sua $ituação, quem sabe ela até facilite pra vc. Fique bem. Um abraço!