segunda-feira, 4 de abril de 2011

Êta Vida...

Buenas!!!
Tá tudo muito dificil... Muito mesmo e não tô dando conta.

A saudade bate todos os dias, todas as horas e minutos.

Cada dia me sinto mais sozinha e não tô falando de amigos, esses eu tenho. Tô falando que sinto falta de conversas com meus pais, conselhos e etc.

Daria tudo por uns minutos com eles de novo, enfim...

Quanto a cirurgia, não choramingo mais aqui. Quando estiver me internando, eu aviso.

Sabe quando as coisas não fazem mais sentido? Então...

Vou lavar o banheiro, ótima terapia.

10 comentários:

Negação de Irene disse...

Quanto a choramingar aqui ou não, essa é uma escolha somente sua. Mas se precisar de uma força, estamos aqui.
Já quanto aos pais da gente, fazem falta mesmo, não há muito a dizer.

Juliana disse...

Amiga estou aqui para o que vc precisar de verdade !!!

beijos

Rita disse...

Amiga, deve ser muito duro msm... mas sabe, abra seu coração e converse com eles, de onde eles estiverem tenho certeza q vão te ouvir e te mandar um conforto!
Tô com saudades daquela Rebecca alegre, q mata a gente de rir com os causos... sei q a vida da gente tem esses altos e baixos, sinto q pela sua ausência daqui as coisas não estão muito legais com vc, mas saiba q td mundo aqui da blogsfera te adora!

Torço muito por vc!!! Fique bem! Qq coisa, estamos aqui!!!
BJssssssssssssssss

Lili Bolero disse...

Rebecca...você está precisando de colo. Não queira ser forte o tempo todo e aguentar firme. Todo mundo precisa desabar de vez em quando para se reerguer mais tarde como uma rocha. Procure alguém que lhe seja próximo e fale sobre tudo o que está te afligindo, dos seus medos, angúsias, ansiedades e dúvidas. Se for preciso, procure na terapia a cura para estas dores que nunca deixarão de doer e essa saudade que nunca vai desaparecer. Tudo o que eu estou escrevendo baseado na minha vivência. Já tive muitos momentos em que achava que nada mais valia a pena. Passou...e agora tudo voltou à calmaria. Houve o tempo de chorar, de me indignar, de me confortar, de me conformar e o de aceitar. O tempo é nosso maior aliado. Ele se encarrega de tudo e Deus é nosso melhor amigo. Ele sabe de tudo. Com toda a sinceridade, quero ver vc bem e olha que eu nem te conheço mas posso sentir uma pontinha daquilo que vc está sentindo porque um dia já senti igual. Queria poder ajudar, mas não posso. Posso te ouvir se precisar. Nem vou perguntar do cabelo, né? Acho que não é o melhor momento (só para descontrair). Beijokas.

*Lela* disse...

Sempre passo e leio suas postagens...

deixu um beiju e muita força!

Gabriela Mateus disse...

Oi flor, é tão dificil quando estamos assim desmotivada, mas pelo menos vc tem amigos verdadeiros que pode desabafar, sair....guenta firme que logo passa, vc precisa é de um amor novo...bjs

ROGELIA MATTOS disse...

Oi Rebs,quanto a choramingar por aqui amiga acho que esse é o lugar certo,pra isso criamos nossos cantinhos,é através deles que nos animamos e nos damos força mutuamente.no que diz respeito a mim,pode choramingar a vontade.Me add no msn pra gente conversar melhor:
rogelia.mattos@hotmail.com
Beijos amiga.

Bethânia disse...

Eu não sei se é sua foto que é muito alegre ou se são impressões passadas que tenho de vc, mas eu sempre acho que vc está de alto astral, mesmo quando desabafa o contrário. Desculpa! Mesmo assim, compreendo seus sentimentos. Se precisar, procure. Que Deus te abençoe!

Paula disse...

espero que fique bem logo, é ruim ver voce assim tristinha ...

inté !!

amanditas.com disse...

Rê,

Qdo sinto esta saudade q vc contou, procuro a companhia/colo da minha mãe postiça (sim, elas existem e é fácil identificar: pode ser aquela simpática senhorinha q a gente cumprimenta somente por educação mas nunca teve tempo p/conversar...).

Enfim, saiba q como "irmã mais velha", sou uma cuidadora nata! (sim, eu já li q vc conversou c/sua amiga psicóloga mas agora vc tem mais uma opção/um ombro amigo)

Bjos,

Amanda