quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

De Novo o Mesmo Assunto

Buenas!

Tô triste.
Tô chateada.
Tô magoada.

Se ele me ama como ele diz, por que não demonstra?
Os primeiros 2 anos foram perfeitos. Ele dizia constantemente que me amava e eu ficava feliz por ama-lo tambem.
O 3º anos foi chatinho.
O último ano foi sofrível, me vi fazendo coisas e não tendo retorno. Não me lembro de uma declaraçãozinha de amor. Não tô nem falando do "eu te amo", tô falando de atitudes.
Na conversa de segunda-feira, ele falou que reparou que eu estava diferente, fria mas que nao quis comentar porque não gosta de brigar com a pessoa que ama. Falei que se nós tivessemos resolvido as pendências talvez não chegassemos a este ponto - Sempre que eu tentava dizer a ele que estava chateada com alguma atitude dele, que eu queria mais atenção ou simplesmente falar que ele precisava estudar, se qualificar (Voces vão pensar em como eu poderia querer isso dele se nem eu terminei minha faculdade ou algo do tipo, então esse vai ser o assunto de um outro post, até me comprometo a escrever sobre isso), ele dizia que eu parecia um político porque falava demais. Engraçadinho, não?

Sei lá.

Tô tão confusa.
Sabe quando você está de mãos atadas? Sem realmente saber o que fazer? É assim que me sinto. Não sei se acredito em mudanças, ele sempre promete que vai mudar, as coisas mudam e quando menos se percebe, tá tudo fodido de novo. Na verdade, nem sei se quero que ele mude.

Sei que tudo o que eu tô sentindo vai passar. Sempre passa, é o que dizem todos.
Engraçado que nos últimos 4 anos e meio me vi fazendo planos... Colocando ele sempre nos meus planos. Hoje me vejo planejando minha vida sozinha. É estranho demais isso. Estranho saber que tudo o que sonhamos (ou sonhei sozinha, não sei) não vai se realizar se eu decidir terminar. Aquela gravidez que tanto falavamos, vai acontecer em outro momento e com outro pai. E o nenem nem vai ter olhos azuis, risos! Tá, sem gracinhas que o negócio é sério.
Por outro lado, penso que um dia posso encontrar uma pessoa que seja melhor pra mim (não estou falando melhor do que ele, estou falando melhor pra mim, até porque sei que ele é uma ótima pessoa, honesto, sem vicios... Gente, ele não bebe, não fuma, nunca usou drogas... Acredito que ele é bom, que ele será bom pra outra pessoa que não pense como eu), que me ame e demonstre isso.

Fiz uma listinha dos prós e dos contras e coloquei no meu mural. Sempre que acordo dou uma olhada e acrescento alguma coisa. Digo a voces que essa listinha está bem equilibrada.

Uma coisa que tá sendo muuuuito foda também é não ter alguém pra conversar. Parabéns pra mim que zerei meus amigos quando comecei a namorar com ele. A Selma, minha amiga de infância, é quem tem me aguentado ultimamente. Puxa, agradeço tanto pela atenção a mim dispensada que voces nem imaginam. Agora entendo como eu fui fundamental quando ela terminou um casamento de mais de 12 anos. Agradeço também a Paty, trocar emails com ela, de certa forma, me ajudou muito.
Ah! E agora entrei numas de ficar com a consciência pesada porque pedi esse tempo às vésperas do Ano Novo.

Ai que difícil!!!

21 comentários:

Ariadne disse...

Quer saber ?? a listinha nao está equilibrada ? entao vale a pena lutar !!
Converse.. analise e se realmente ainda há um fiozinho de amor, lute pelo branquelo.
Estou a seu dispor, conte com meus dois ombros. Sei que parece esquisito, a gente nao se conhece pessoalmente, mas amigo nestas horas é fundamental. Mesmo a distancia...
Bjks e que 2011 seja um ano de lucidez.

Ariadne disse...

ahhh, arruma meu blog, pq nao é mais o blog dos paixao.. é toque de paixao.

Bjks

amanditas.com disse...

Olá,

Caramba, qta coisa... Qdo me encontro numa situação destas, tento entender pq sou tão tolerante c/minhas amigas e quero chicotear os meus pretês, cobrando perfeição - q lógico, não existe!

Muitas vezes falamos coisas q não cumprimos - é do ser humano...

Ouça o seu coração - é ele q está lendo a sua listinha, viu?

Bjos e boa sorte,

Amanda

Marlise disse...

se a lista ta equilibrada..entao pense com carinho em tudo!
mas é aquela coisa, nao muda, se mudar é 1 semana no max e ja volta como era, agnt sente falta dessas pqnas atitudes, eles e acomodam é simples, vc ta ali todo dia...ele sabe que se precisar vc ta ali, entao ele nao precisa conquistar voce pra nada! eu entendo voce e concordo que isso faz muita falta!
força hein!
fico na torcida pelo melhor

Gabi disse...

Evitar os confrontos não é a melhor maneira de resolvê-los.

E vc sabe disso.
Já pensou em escrever uma carta para ele?
Pq muitas vezes conseguimos nos expressar melhor escrevendo e a pessoa para poder falar algo, tem que ler até o fim.

Avalie essa possibilidade.

Não sou amiga de infância, nos vimos só uma vez, mas gosto de vc. Então, caso queira, os ombros, os braços e os ouvidos estão a disposição.
Se quiser, tb pode ligar, mando o tel por mail.

bjs e abraços prá vc.

Silvia disse...

Oi, sempre leio seu blog, mas nunca comentei, lendo esse post me senti no direito de comentar, rsrsrsrs Eu penso que quando chegamos ao ponto de pensar que planejamos/sonhamos coisas sozinhas é porque estivemos sós o tempo todo. Quando queremos que alguém mude para se enquadrar em nossos anseios, no fundo queremos outra pessoa que já esteja adequada. Ninguém muda porque queremos que mude, experiência própria. Seja qual for sua decisão, que 2011 seja repleto de felicidade e escolhas acertadas! Ah, se o bebê não terá mais olhos azuis, quem sabe não terá olhos rasgadinhos, hehehehe experiência própria de novo!!! Grande beijo!!!

Kika disse...

Oi, Rebeca, estou voltando...

Olha só, acho que relacionamento é sempre complicado... Acho que se já está no ponto de imaginar a vida sem ele é porque já acabou, só está faltando formalizar.

Independente da sua resolução, boa sorte, viu? 2011 vai ser melhor.

Beijos, Kika

Paula disse...

Oi Rebecca,

Sou uma blogueira muito enrolada, mas que quer melhorar ...

Não escrevo muito porque meu tempo na internet é curto e meio complicado.

Mas, sempre li seu blog, sempre achei muito legal seu jeito de escrever.

Sinto muito por essa situação com seu namorado. É difícil, eu sei ...

Pense bem, boa sorte, estou torcendo para que você chegue na melhor solução !

Feliz 2011 !

beijos !!

Paula

Lilian Mamãe do Arthur disse...

Oi Rebeca,
Há muito tempo não venho aqui, cheguei até a me surpreender lendo seu post, mas quer saber ... até que te entendo amiga, não é nada fácil estar nesta situação, já passei por isso e olha te conto que é sempre igual, você poderá até encontrar outra pessoa, mas pra falar a verdade, depois de um tempo, tudo volta a ser desta forma, pelo menos pra mim sempre foi assim.
Siga seu coração e corra atrás daquilo que realmente tem importância pra você, pense nos seus objetivos, somente assim você se sentirá mais feliz.

beijo grande e um ótimo Ano Novo pra você,

Lilian.

Rita Nessralla disse...

Rebequinha...
Hora de vc repensar muita coisa.
A gente se afasta das pessoas qdo namora, casa, é natural, mas não podemos desvincular das pessoas não, eu me casei há 2 anos, maridão é ótemo! acabei me afastando de td mundo e vivendo só pra minha casa, até q foi me dando um vazio...não no casamento, é muito bom, mas comecei a sentir falta de um algo a mais. Comecei a trabalhar com venda direta na Mary Kay, além disso trabalho em um grupo de Rádio aqui na minha cidade, a MK ta me ajudando mt a relacionar com pessoas, vou na casa de gente q nunca vi na vida, acabo me tornando amiga de algumas clientes, bem interessante!!!
Voltando a vc... tem pessoas q não sabem demonstrar afeto, carinho, é duro, mas existem e não são poucos... e tem os q pirraçam msm, qual é o caso do Magrelo?
Essa situação sua tá ruim msm, plena véspera de Ano Novo, vc não ata nem desata, rsrsrsrs se quiser ombro amigo, msm q a 600km pode mandar email!!!
Bjsssssssssssssssssssssss
Acho q ficou confuso o comentário, mas tô torcendo pra vc sair dessa!

@BlzasemTamanho disse...

Oi Rebecca
Te conheço da epoca do pé direito [qnd vc era quase magra uia nao brigue comigo kkk]
E sempre leio aqui acho que já comentei uma vez ou outra mais nem sei se vc sabe quem sou eu.
Mais olha sou otima ouvinte e minha filosofia de vida é antes sozinha do que ser meio amada eu sou intensa e quero tudo na mesma proporção.

Trabalho em um serviço parecido com o seu e morro de rir dos seus causos do servidô.

Então para resumir quer uma amiga nova? meu email tá no blog bjssss

Luciana disse...

Oi.
Acho que nunca comentei aqui mas venho periodicamente dar uma olhadinha.
E te digo uma coisa...
Sou casada há cinco anos. Em toda minha vida tive quatro namorados (namoros longos, o mais curto 1 ano e 8 meses) e quando terminava (ou quando terminaram comigo), chorava me descabelava, queria morrer, achava que não conheceria ninguém igual,etc...
Eu estava certa. O próximo não era igual: era MELHOR. Depois que o tempo passava, não me arrependia em nada das decisões.
Concordo também com o que a Sílvia disse aí em cima: quando se quer muito que alguém mude, o melhor é procurar alguém parecido com o que se quer.
Acho que o problema todo é que com ter pedido tempo, vc fica nesse "chove não molha" (que vc não gosta.) Vc sofre porque está sem ele, porque está com ele.Sofre porque terminou, sofre porque quer voltar. Vc tomou uma atitude, mas ao mesmo tempo não tomou.
Sei que é difícil porque não há um motivo gritante para terminar(traição, mau caratismo, assassinato, sei lá mais o quê)

Mas pense bastante. Porque essa indefinição não é saudável para vocês. Isso está o magoando e se vocês voltarem durante um tempo essa sombra vai pairar entre vocês dois. E quando a gente estica muito o elástico, ele acaba afrouxando.

Um beijo. Boa sorte. Feliz 2011.

Beth disse...

Às vezes a lista não está tão equilibrada assim. Pode estar em quantidade, mas não na qualidade dos itens. Já passei por isso mais de uma vez.
Mas é preciso ter serenidade, é fundamental, não seja afoita. Mas também não negligencie algo que é essencial: você sentir-se bem.
Muitas vezes não tomamos certas atitudes porque não sabemos como vamos conviver com o novo, habituados que somos com a situação atual, com a qual já sabemos lidar, mesmo que nos chateie demais. E isso não é justo. Mas às vezes não tomamos porque não queremos mesmo tomar, porque acreditamos que as coisas podem melhorar.
Acho que é essencial vocês conversarem, com total franqueza, respeito, carinho. É essencial ele saber TUDO que você pensa, sente, o que mais incomoda,o que mais é bacana também, é preciso que, caso ele se determine a melhorar em algo, em prol da relação, que seja uma melhora que ele SINTA e ACREDITE que quer mesmo promover, porque senão será uma promessa difícil de cumprir. Ele deve buscar a qualificação, o aprimoramento que você anseia por entender que é mesmo importante para ele, não só para você, entende?
Mas acho que vocês precisam conversar de verdade. Sem promessas, mas compreensão e, conforme o SENTIR de cada um, com compromissos.
O que há de ser? Não sei, mas Deus certamente vai iluminar a cabecinha de vocês, apaziguar o coraçãozinho também e o que resultar disso, há de ser o melhor para cada um individualmente e para os dois como casal.
Beijos, força aí.

VAL disse...

Oi! Não sei se já comentei no seu blog ou não, mas passo aqui todos os dias praticamente. Olha só, resolvi escrever porque já passei por situação semelhante. Eu namorei 6 anos com um sujeito que era um amor de pessoa, bonzinho, trabalhador, sem vícios... porém dependente pra tudo. Dependia de mim pra ir no mercado, pra ir na farmacia, pra qualquer coisa... aquilo me incomodava muito, mas eu pensava "nunca vou arrumar outro homem tão bonzinho como ele!".
Resumindo: eu não me sentia bem, não me sentia feliz. Com ajuda da terapia consegui ver que apesar dele ser uma ótima pessoa, não era o que eu queria pra mim. Estávamos perdendo tempo. Então, te digo o seguinte: não pense em prós e contras (no meu caso tinha mto amais prós do que contras e mesmo assim era infeliz). Pense apenas e tão somente em você! Você esta bem? Você esta feliz? Responda essas questões... Ah... e essa de que o sujeito prometeu que vai mudar... esquece querida! Ninguém muda por outra pessoa, mudanças só acontecem quando aquilo esta incomodando aquele que quer mudar. Pelo que vc conta, ele não esta incomodado... quem esta incomodada é você. Então, você tem duas alternativas: aceitar as coisas como estão, ou mudar... mas quem deve mudar é você e não ele. Espero ter ajudado. Desculpa se falei demais. Beijão e Feliz 2011!!!

Midi disse...

Rebs,
Eu acho que vc merece o melhor sempre,não migalhas, nem metades, nem descasos.Pior que discutir, é se omitir e deixar cair no descaso, porque tá parecendo que pra ele tanto faz tanto fez, essa de não querer brigar é pura acomodação. Ia escrever um monte de coisas aqui, mas depois de ler,assino embaixo no comentário da Luciana.
Eu gosto muito de vc!De verdadadinha!Se quiser é só ligar!
bjos

Renata disse...

doce rebecca...
o melhor eu desejo pra ti...
que suas dúvidas sanem..
que suas dores passem...
que seu coração se acalme....
não deve ser fácil mesmo passar por isso... nem agora, nem nunca!
mas deixe estar.
o que tiver de ser... vaai acontecer...
mas o melhor, só vc pode perceber.
bjos querida!
2010 foi ótimo ter sua compania!
feliz 2011!

Denise disse...

Mulher!!!

Pense em vc em primeiro lugar, sempre.

Veja o que será bom para vc e não conte as mudanças do outro. isso nunca dá certo.

Bjks, bom 2011!!

Bruxa do 203 disse...

Você tem a amiga de infância, então não zerou os amigos, ainda pode contar com ela!

Não sei o que dizer, não gosto dessa fase do namoro. Casei duas vezes e as duas duraram por volta de dois anos, antes de chegar a esse ponto. Namoro é para estar bem e feliz, mas vale a pena conversar, agir como adultos e esclarecer os sentimentos.

FELIZ 2011! Que tudo se resolva e que seja um ano cheio de coisas boas!

Carla Fernandes disse...

A única pessoa q pode mudar nessa sua situação é vc mesma.
Como vc deve ter resolvido quase tudo no lugar dele, o cidadão acomodou. Afinal, pra q esquentar a cabeça, se tem alguém q faz isso no lugar dele?
Caso resolva voltar com ele, dê um basta na moleza e ponha ele pra ralar um pouco. Delegue mais coisas e o recompense conforme o caso.
Se achar q isso é pedir muito, bom, aí acho q é interessante em se pensar em fazer a fila andar, até pra q ele repense nisso tudo e dê valor ao q perdeu. Vc tb precisa de tempo pra vc, pra sua vida social, pra cuidar de si mesma, coisa q anda protelando há algum tempo.
Gosto do seu blog e torço por vc.
Boa sorte e abraços!
Tenha um maravilhoso 2011!

michele cristina disse...

Sabe,tenho passado pelo mesmo dilema.Estou em um momento evolutivo que vejo meu parceito cada vez mais estático.Eu andando e ele parado.
Eu sonhando e planejando e ele sentado no sofá acomodado vendo a vida passar e se contentando com pouco.
Consigo claramente entender o que você sente.
A atitude que estou tomando é continuar andando,pensando individualmente em mim.Já abri mão demais por ele,já me acomodei demais.

michele cristina disse...

Não é errado sonhar e querer realizar,querer melhorar,querer aprender e evoluir.A questão é que cada pessoa tem um ritmo evolutivo.
A grande sacada é conseguir conciliar um ambicioso com um acomodado.
Escrevo isso por experiência própria.Sei o quanto é dificil.